Notícias


Publicado em:
6
12/2018

Streaming musical cresceu e 47% ainda ouvem gratuitamente YouTube

Relatório da Federação Internacional da Indústria Fonográfica mostra que 86% dos consumidores ouvem música via streaming por demanda.



Metatags: Expomusic, Streaming, Áudio, Música, YouTube, Spotify, Pirataria, IFPI
Divulgação

Do total, 52% usam plataformas de vídeo e 47% navegam por meio da versão grátis do YouTube.

De acordo com a matéria da TecMundo, a indústria musical vem lutando arduamente para equilibrar suas receitas com distribuição, pagamento de royalties e tudo o que envolve o setor. Do outro lado, os consumidores estão ouvindo cada vez mais. O problema para os serviços é que essa popularidade não tem se tornado rentável como as companhias esperam.

Essa é uma das conclusões do relatório publicado pela Federação Internacional da Indústria Fonográfica (IFPI, em inglês), que mostra que 86% dos consumidores estão ouvindo via streaming por demanda. Do total, 52% usam plataformas de vídeo para isso e 47% navegam por meio da versão grátis do YouTube.

No levantamento, apenas 28% usam um streaming de áudio pago e 20% ouvem por demanda em uma plataforma musical gratuita. Isso afeta diretamente a receita anual por usuário, que, segundo o Spotify é de US$ 20 — o YouTube afirma que esse valor é menos de US$ 1 para a Google.

A principal razão pela qual 35% dos consumidores de streaming musical dizem acessar o YouTube é justamente pelo fato de não necessitar de nenhuma assinatura paga.

Outro dado que chama a atenção no estudo diz respeito à pirataria: cerca de 38% dos usuários entrevistados consomem música de forma ilegal. Do total, 32% “ripam” as faixas de streaming, 23% baixam via peer-to-peer ou arquivos na nuvem e 17% encontram o que querem via mecanismos de busca.

Leia também: YouTube Music: plataforma lança serviço de streaming

Fonte: Primeira Página


Últimas notícias

Cinco dicas do Sebrae para quem quer abrir um e-commerce

Plano de negócio é o primeiro passo para os interessados.
Leia Mais

Natal deve movimentar R$ 53,5 bi na economia

Dados da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas e do Serviço de Proteção ao Crédito apontam que mais de 110 milhões de consumidores devem ir às compras e investir, em média, R$ 116 por produto.
Leia Mais

Redes sociais foram feitas para se consumir música

Esta é a opinião dos Millennials, segundo pesquisa da MusicWatch: os jovens da geração Y consomem música massivamente pelo Instagram, Twitter e Facebook.
Leia Mais