Notícias


Publicado em:
5
12/2018

O novo formato da Expomusic

Evento fortalece todos os segmentos, reconecta o diálogo, promove o encontro entre universo físico e digital e revitaliza o mercado da música.



Metatags: Expomusic, Showbiz, Música, Áudio, Iluminação, Acessórios, Negócios, Networking, Visitantes, Capacitação, Feira, Evento
Francal Feiras/Divulgação

A Expomusic 2019 promete ser um momento único, que afirma os valores e desenvolve algum tipo de reflexão e retorno. Ser a nova conexão com o mercado da música, por meio de muita inovação, capacitação, interação e transformação são as palavras-chaves da nova fase da feira.

De acordo com o estudo, vendas físicas têm quedas expressivas tanto por aqui quanto lá fora. Em 2017, o mercado global de música cresceu 8,1% e no Brasil, 18%, sendo que neste contexto o streaming lidera como a maior fonte de receitas da indústria.

É por isso que a nova Expomusic vai fortalecer todos os segmentos, sendo a plataforma de revitalização do mercado da música no Brasil. A feira de instrumentos se transforma em feira da música, um festival de todos os ritmos, trazendo o showbiz para dentro do evento.

O momento é de união para reconectar o diálogo, promover o encontro no universo físico e digital, melhorar a comunicação entre os profissionais do setor e montar um grupo de consultoria com especialistas para trazerem novas possibilidades durante o ano todo.

Confira algumas das novidades da próxima edição:
-Novo formato de fazer negócios: 5 dias de relacionamento com o mercado B2B e B2C;
-Presença de startups - empresas e conteúdo de tecnologia e inovação, podcasts e plataformas de streaming;
-Comunicação marcante nas redes sociais;
-Plataforma digital, com rede exclusiva para reconectar o mercado;
-Integração entre setores para trabalhar o mercado como um só;
-Fomento de novas parcerias e novos negócios;
-Mais ações de negócios por meio de programas específicos: lojista VIP, rodada de negócios, programa lojista subsidiado e ações de engajamento com representantes comerciais do setor;
-Criação de lounge de networking para credenciados dentro do evento;
-Nova estrutura física: 1 palco na área externa e 2 palcos na área interna: um menor para talks dinâmicos e interativos e outro grande para palestras profissionais com nomes altamente relevantes e um grande festival de música com atrações diárias de diferentes estilos musicais para atrair novos públicos;
-Showbiz dentro da feira;
-Foco em diferentes perfis de visitantes, formadores de opinião e consumidores das marcas expositoras;
-Capacitação com ampla programação de conteúdo:
Top Speakers apresentando temas do mercado de instrumentos e da música, incluindo artistas, profissionais renomados e celebridades da cena musical.
Expomusic Talks - palestras, debates, workshops e oficinas de discussão de ideias, atividades com informações atualizadas, transformadoras para o mercado da música.
Retail Now - Fórum de Tendências do Mercado da Música.
Espaço de mentoria;
-Transformação, ações de incentivo ao aprendizado da música: projetos com escolas de música, festival de bandas de escolas, projetos sociais na periferia, levando perspectivas de carreiras a jovens em situação de risco.

Leia também: Expomusic sobe o tom e integra outros segmentos do mercado da música

Fonte: Primeira Página


Últimas notícias

PMEs brasileiras estão de olho na indústria 4.0

Pesquisa aponta que 38% das pequenas e médias empresas enxergam nas tecnologias o caminho para melhores produtos e serviços.
Leia Mais

Aumenta a previsão de crescimento da economia em 2019

Dados estão no Boletim Focus, divulgado pelo Banco Central.
Leia Mais

Tratados musicais ajudam intérpretes e ouvintes de música clássica

Investigação de documentos do século 16 fez surgir uma pesquisa de doutorado defendida na USP.
Leia Mais