Publicado em:
22
11/2017

Dia do Músico: curiosidades sobre a data e a história da música

A Expomusic parabeniza todas as pessoas ligadas a esse universo.

Em 22 de novembro é comemorado o Dia do Músico. A Expomusic parabeniza todas as pessoas ligadas à música, como aqueles que tocam um instrumento musical, cantam, escrevem arranjos, compõem, regem ou dirigem um grupo coral ou de músicos, como orquestras, bandas, e também os que lecionam e trabalham na área da educação. A data também celebra Santa Cecília, a padroeira dos músicos.

O portal Expomusic traz curiosidades a respeito da data e da história da música. Confira.

1. Dia 22 de novembro comemora-se o Dia de Santa Cecília, a padroeira dos músicos. Santa Cecília viveu em Roma, no século III, nos princípios do cristianismo. Ela participava diariamente da missa celebrada pelo papa Urbano.

2. Os sons da natureza inspiraram o primeiro sinal de música reproduzido durante a Pré-História. A palavra Música é de origem grega e vem de musiké téchne, a arte das musas, e se constitui de uma sucessão de sons, entremeados por curtos períodos de silêncio, organizado ao longo de um determinado tempo. Assim, é uma combinação de elementos sonoros que são percebidos pela audição.

3. Fazem parte das características do som a duração, altura, intensidade e timbre, que ocorrem em diferentes ritmos, melodias ou harmonias.

4. A música assumiu um papel central nas atividades das grandes civilizações do Egito, Grécia e Roma na Antiguidade, até 400D.C. Com a queda do Império Romano, a igreja teve um papel fundamental para o desenvolvimento e evolução da música. Os monges continuam a desenvolver a escrita e a teoria musical na Idade Média.

5. O monge e papa São Gregório Magno reuniu alguns cânticos já existentes e outros de sua própria autoria numa coletânea que intitulou de Antifonário. O Canto Gregoriano ficou conhecido por esta forma de cantar, caracterizada por uma melodia simples que seguia o ritmo das palavras e era usado como forma de oração.

6. Ocorre a separação entre a música popular e a religiosa. O órgão é usado na religiosa enquanto que na popular era permitido a utilização de todos os instrumentos.

7. Os companheiros dos saltimbancos, que andavam de terra em terra, conhecidos como menestréis, e os trovadores, nobres compositores que tinham o amor como tema principal das músicas e poemas, também tiveram papel importante.

8. A notação musical, inicialmente feito por neumas, símbolos que ajudavam os compositores a não esquecerem-se das músicas, também foi um acontecimento muito importante. As linhas foram introduzidas tempos depois até chegar ao conjunto das quatros, criada por um grande teórico da música chamado Guido D´Arezzo. A pauta usada até os dias de hoje surgiu a partir do século XI.

9. A Igreja tornou-se menos rígida na época do Renascimento em relação aos instrumentos musicais, permitindo a contração de músicos para eventos festivos. Os madrigais, a missa e o motete foram as formas vocais mais importantes deste período.

10. O compositor Johann Sebastian Bach tornou-se conhecido no período Barroco, bem como a orquestra, a ópera e o ballet que ganharam destaques musicais.

11. Já o Classicismo foi responsável por trazer um tipo de música mais suave e perfeição estética, com frases melódicas curtas, claras e bem definidas, com princípio, meio e fim, com uma maior variação em relação à dinâmica das obras musicais. Surge o sforzatto, o crescendo e diminuendo e desenvolvem-se grandes gêneros instrumentais como: a forma sonata, o quarteto de cordas, a sinfonia e o concerto.

12. Os compositores do Romantismo mais importante foram Schubert, Chopin, Liszt e Pagnani. Eles procuravam mostrar os seus sentimentos em relação à sociedade da época por meio da música. As melodias românticas são mais líricas e as harmonias mais contrastantes, com maior variedade de sonoridades, dinâmicas e timbres, e maior tempo de duração.

13. A música Moderna traz novas experiências no aspecto musical, marcada pela tecnologia dos instrumentos e diferentes formas de compor. A guitarra eléctrica e sintetizador são ligados à música Pop e Rock e depois a outros gêneros musicais. A gravação revolucionou o mercado e a produção musical.

14. Neste período, o timbre é o parâmetro da música mais valorizado. Ele é responsável pela renovação da linguagem musical à procura de novos timbres, harmonias, melodias e ritmos.

15. A profissão do músico, como profissão regulamentada, surgiu com a promulgação da Lei número 3.857, de 22/12/1960.

Fonte: Primeira Página, com Ordem dos Músicos, Wordpress, Wikipédia