Publicado em:
13
7/2017

Dia Mundial do Rock oferece ampla programação para os fãs

São vários shows e eventos que acontecem na cidade de São Paulo, como no CCSP, Áudio Club, Praça das Artes, MIS e muitos outros locais.

Organizado pelo escocês Midge Ure e pelo vocalista da banca Boomtown Rats, Bob Geldof, no dia 13 de julho de 1985 ocorreu o festival Live Aid, simultaneamente em Londres e na Filadélfia. Comovidos pela crise humanitária na Etiópia, os dois fizeram um megaevento para arrecadar fundos para a causa.

Nomes de peso participaram do show na Filadélfia, como The Cars, Tom Petty, Madonna, Duran Duran, Led Zeppelin e Bob Dylan. Na Inglaterra, o concerto reuniu U2, Paul McCartney, The Who e Queen. Países como Alemanha e Austrália também promoveram shows no mesmo dia em apoio à causa. As apresentações foram transmitidas para cerca de 150 países e alcançaram aproximadamente 2 bilhões de espectadores. Deste então, 13 de julho passou a ser considerado o Dia Mundial do Rock.

A cidade de São Paulo oferece uma programação especial para comemorar data, de acordo com a agenda preparada pelo Guia da Semana.

Entre os dias 11 e 30 de julho, o Centro Cultural de São Paulo (CCSP) recebe bandas independentes que estão em destaque atualmente, entre elas o Rakta, formada somente por garotas. No dia 13 de julho, a rádio 89 FM realiza mais uma edição do Dia Mundial do Rock, festival com diferentes atrações, no Audio Club, e faz homenagem à banda Mamonas Assassinas. O show tem início às 19h.

Organizada pela Secretaria Municipal de Cultura, na Praça das Artes será realizado uma série de apresentações. Entre os destaques, estão bandas nacionais como Golpe de Estado e Inocentes. O espetáculo Beatles para Crianças revê o repertório da banda britânica. Além das apresentações musicais, entra em cartaz no dia 13 a exposição SPROCK70IMAGEM, com mais de 70 fotos e 40 discos da década de 1970, com curadoria do jornalista Moisés Santana.

Fonte: Primeira Página